Um sindicato exemplar

Raquel Varela

Jack Heyman, do meu lado direito, de negro, foi como marinheiro mobilizado para o Vietname, recusou-se a embarcar, ficou a organizar nos portos a resistência à guerra. Tornou-se depois estivador, um percurso relativamente comum nos portos. O seu sindicato, dele e de milhares de homens e mulheres foi, que eu tenha conhecimento, o único que fez esta semana uma greve contra o terrorismo supremacista branco nos EUA. Do lado esquerdo o actual presidente, Ed Ferris. O sindicato dos estivadores ILWU conquistou em 1934 a redução do horário de trabalho para 6 horas, sem redução salarial, para combater o desemprego. Na minha mão o cartaz da greve que realizaram no 1º de Maio contra a guerra do Iraque. Chamo a atenção para este facto – não fizeram manifestações, cartas de solidariedade ou discursos, pararam ontem e hoje os portos, perdendo um dia de salário, para lutar contra o que acham que…

Ver o post original 25 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s