Aids: silêncio e invisibilidade

Saúde Global

Artigo escrito em 2015 pela pesquisadora Priscilla Soares para a coluna de Jean Willys na Carta Capital como parte da campanha #AgoraÉQueSãoElas. A coluna nos informa que o vírus da Aids foi apontado pela OMS em 2009 como a principal causa de morte entre mulheres em idade reprodutiva no mundo. De acordo com a ONU, a taxa de infecção entra mulheres jovens é duas vezes mais alta do que em homens da mesma faixa etária. Este cenário não apenas uma maior vulnerabilidade biológica das mulheres ao vírus, mas que esta maior taxa de infecção decorre também das implicações das desigualdades econômicas e de gênero.
 
Enviado por Isabela Brandi

Ver o post original

Anúncios