Mary Jonh

Maria Contarolante

Ana Pessoa escreveu e Bernardo Carvalho ilustrou.

Um romance juvenil em forma de carta,  ora de amor ora de reclamação, que se atreve a explorar temas vistos como tabu, como o da sedução amorosa e da sexualidade, sem nunca ser nem vulgar nem moralista. É uma história de amor sincera e descomplexada.

Ler este livro foi para mim como voltar atrás no tempo, mergulhar de cabeça na minha adolescência e reviver os meus amores e desamores com a distância de quem já sabe que vai ficar tudo bem. Soube-me muito bem. Para os adolescentes de hoje acredito que será uma boa oportunidade para, como a protagonista, organizar pensamentos e emoções, adquirir uma maior auto-consciência e a clareza necessária para percorrer o seu caminho e viver as suas escolhas.

Recomendado para leitores maiores de 14 anos.

Eis um excerto:

O sangue todo na cabeça.

 Tu estás mesmo à minha frente, o…

Ver o post original 203 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s