Gestão Irracional

Raquel Varela

Estão hoje em greve, e por tempo indeterminado, os técnicos de diagnóstico e terapêutica. No estudo que vamos apresentar em Dezembro sobre o SNS verificámos que este é um dos sectores com mais quebras de contratação, e mais intensificação do trabalho. Recai sobre eles cada vez mais trabalho, feito em menos tempo.
Há médicos parados, relatos mesmo de cirurgiões parados, por falta destes técnicos – imaginem um cirurgião parado, um anestesista, um bloco operatório, à espera de um técnico de diagnóstico? – é o mesmo, se posso socorrer-me de uma metáfora, que comprar uma casa e não ligar a eletricidade e a água. Um absurdo de perda de recursos. Além da desumanização do local de trabalho, marcada pela exigência de cumprir metas sem recursos.

Ver o post original

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s