Interrogações em Sines

Raquel Varela

A PSA-Sines, que gere de forma privada, com dinheiros públicos, o terminal de contentores, ocupando um espaço público da nossa costa, vai despedir mais de 50 trabalhadores. Sendo nós cidadãos deste país há como saber se receberam subvenções directas ou indirectas da Segurança Social, pagas portanto por todos nós, para contratar estes trabalhadores? Foram a 70% ou em estágios pagos pelo Estado? Isenções fiscais à empresa? Lay offs pagos pelo Estado? Formação profissional sustentada pela Segurança Social? Subsídio ao transporte ferroviário de contentores? Isenção de derrama? Devolução da TSU? Uma vez que os despediram vão devolver-nos o dinheiro? Ou ficou tudo – digamos, o nosso dinheiro de impostos e contribuições sociais, para os «resultados positivos da empresa, sinal de forte recuperação da economia do país, a sair da crise»? E a vida destas 55 pessoas e suas famílias? É a humilhar-se daqui para a frente num assistente social e…

Ver o post original 133 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s