Forum Internacional das ONG de Cooperação e Desenvolvimento

Global Heritage - Local Memories

O que fazemos

O FIP visa criar condições para uma maior participação das ONGs no debate público internacional, para que possam influenciar as negociações internacionais em matéria de desenvolvimento, direitos humanos e solidariedade internacional. O Fórum promove a diplomacia não-governamental, a fim de monitorar as negociações intergovernamentais em âmbito nacional, regional e global, e assegurar a participação da sociedade civil em processos decisórios e nos mecanismos de governança global.

Os membros fundadores do FIP (as plataformas nacionais do Chile, do Brasil, da França, da Índia e do Senegal) e a Primeira Assembleia Geral do FIP em 2011 proveram os três pilares estratégicos para o Fórum: o desenvolvimento de capacidades das Organizações da Sociedade Civil (OSC); advocacy sobre a agenda internacional; e a promoção de um ambiente favorável para as OSC.

Seu funcionamento é regido por princípios comuns: governança democrática, transparência e partilha de informação, e igualdade de participação de seus…

Ver o post original 1.504 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blogue ATS

Grupo de investigação Ambiente, Território e Sociedade do ICS-ULisboa

Ecomuseus.PT

Processos Museológicos participativos

COREM 2a. Região

Conselho Regional de Museologia 2a. Região [RJ, MG, ES]

Conexões da Zona Sul

Mapeamento participativo da economia solidária na Zona Sul de São Paulo

Life-Mind-Play

growing-thinking-sharing

A CASA DE VIDRO.COM

Portal Cultural & Livraria Virtual. Plugando consciências no amplificador! Um projeto de Eduardo Carli de Moraes.

inventario participativo

processos ecomuseais

Courelas

Dizem-se coisas que são coisas que se dizem

Instituto de História da Arte

Faculdade de Ciências Sociais e Humanas - Universidade Nova de Lisboa

radioafrolis.wordpress.com/

O audioblogue Rádio AfroLis é um espaço de expressão cultural feito por afrodescendentes a viver em Lisboa. Artistas, menos artistas, pessoas comuns e menos comuns falam sobre negritude, racismo e identidade revelando facetas da consciência negra emergente em Portugal.

ICOM Costume Committee: 3rd to 9th of July, 2016 in Milano

ICOM Costume Committee: 3rd to 9th of July, 2016 in Milano

[Lisboa é POESIA] - Lisboa__Lx

■ Passeios Poético-Fotográficos ■ Passeios Poético-Literários ■

Blablablamuseos

Más X Más= Más Cultura

Caminhos da Memória

leituras contemporâneas da história e da memória

A Palavra

Só mais um site WordPress.com

seeds of good anthropocenes

identifying socially-ecological bright spots that could grow & connect to produce a better anthropocene

Seminário Políticas para Diversidade Cultural

O que diversidade tem a ver com políticas públicas, direitos humanos e produção cultural?

%d blogueiros gostam disto: